O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) aderiu ontem, 10/05, à campanha RacismoZero, da Universidade Zumbi dos Palmares. No dia 5 de maio, o CNJ publicou portaria que obriga as empresas contratadas para serviços de segurança privada a fornecer capacitação em ações de segurança humana a funcionários e funcionárias que exercerem suas funções no órgão. Com carga mínima de 10h, as capacitações deverão estar relacionadas, preferencialmente, a direitos humanos, promoção da igualdade racial e enfrentamento ao racismo.

Assista à transmissão do evento:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *